[Reading Challenge 2015] A Arte de Escrever Bem

sábado, fevereiro 28, 2015
Riscando itens ô/

O livro “A Arte de Escrever Bem” estava na minha lista de leitura há algum tempo e, por outras leituras mais urgentes, acabei deixando-o de lado por boa parte do ano passado. Com o desafio de leitura, achei que fosse uma boa oportunidade para lê-lo.
Trata-se de um “manual” de escrita para jornalistas escritos pelas autoras Arlete Salvador e Dad Squarisi. Com muito bom humor em suas dicas (tanto de escrita em si quanto de português), as autoras instruem jornalistas newbies (e até mesmo os com mais experiência) a escrever de forma objetiva, clara, concisa e, claro, elegante.
Arlete Salvador é jornalista e já passou por vários jornais e revistas conhecidos pelo grande público; e Dad Squarisi dá aulas de português e começou a escrever livros sobre o tema para democratizar suas bem-humoradas lições. Assim, podemos dizer que as dicas das duas vêm principalmente de suas práticas e do que elas aplicam diariamente em seus campos de trabalho.
Não irei tão fundo no livro, pois pretendo fazer alguns posts mais detalhados sobre algumas das principais dicas contidas nele, mas em linhas gerais ele ajuda a tirar dúvidas de português, como vícios de linguagem e pleonasmos, e conhecer diferentes estilos de redação jornalística.
Por esse motivo, quase a totalidade do livro é voltada especificamente para jornalistas (embora escritores também possam aproveitar uma boa parte, motivo pelo qual ainda falaremos desse livro mais vezes aqui). Se você procura um “manual” mais voltado à escrita literária, tendo melhorar seu enredo e sua técnica como principal objetivo, não é o mais indicado.
Um grande ponto positivo é o tom leve e descontraído do texto. Enquanto aprende qual a melhor forma de dizer uma ideia X de forma concisa, clara e elegante, você ainda se pega rindo e se divertindo — o que, convenhamos, é difícil de se conseguir em textos informativos/didáticos.
A leitura também é fácil e flui sem problemas. Minha versão em e-book tem pouco mais de 70 páginas e só li em três dias porque tinha outras coisas pra fazer, se não isso teria acontecido numa única tarde. Recomendo.


 Escalinha de Cores: 4/5

Nenhum comentário:

Não gostaria de entrar e tomar uma xícara de café?

Tecnologia do Blogger.