[RESENHA] 3 é um Número ímpar

sexta-feira, março 20, 2015
Categoria: Ídolos/Banda - BTS


Sei que deveria fazer uma análise seguindo a minha listinha, que não tá pequena. Porém, me indicaram essa fic pedindo que lesse e desse minha opinião por ter poucos favoritos e poucos comentários.
A categoria do BTS está em constante crescimento dentro do kpop –  para quem não conhece, KPOP é a música POP da Coreia do Sul – percebi que poucos aqui na page conhecem essa categoria de fanfiction. Venho acompanhando a melhora de quem está nessa categoria e como o traço de escrita e ortografia vem evoluindo.
Foco!
Avaliando a estrutura textual, grosseiramente posso detectar muitos erros ortográficos, principalmente os voltados para pontuação. Por favor, peço encarecidamente que se atente a essas pequenas coisas. Sei que é chato falar isso, mas continuem lendo.
Ortografia é uma das mais admiráveis partes de uma fanfic e pode torná-la enfadonha, difícil de compreender ou agradável e fluida. Muitas vezes ligamos isso à atmosfera com a qual nos sentimos ao ler qualquer coisa, livro ou fanfic. Por isso, peço que avisem a quem escreve sobre esses pequenos incômodos na leitura, por isso existe review.
O encanto desta fic é sua linguagem simples e leve. Estou encantada com a forma suave que a coesão e a coerência textual se adéquam a necessidade de quem lê. Essa fic deixa claro que para ser um bom autor e ter uma boa fic não são necessárias aquelas coisas rebuscadas e complexas de quem escreve prosa no site.
Venho notando muitos poemas-prosa no SS e isso vem me irritando de algumas formas, pois as pessoas querem enfeitar tanto que se perdem no que vão escrever. Perdendo coerência, coesão, além de não associarem as figuras de linguagem com a licença poética. (desabafo básico de leitora... perdoem-me.)
A dedicação às coisas simples dessa historia me tocou profundamente. Não há grandes descrições de espaço, mas há descrições dimensionais (locais onde estão e a hora) e principalmente sentimentais e a constituição psicológica das personagens envolvidas.
A narrativa em primeira pessoa nos deixa provar de toda angústia do personagem principal, SeokJin, ou Jin. Os personagens a sua volta têm uma avaliação psicológica de pessoas com convívio diário. É quase como se pudéssemos nos colocar como Jin e assumir suas confissões e confusões sentimentais. A forma mais clichê de descobrir que ama alguém.
Você ter o mesmo grupo de amigos, um casal começa a namorar e o protagonista se vê apaixonado pelo “amigo” quando sente ciúme.
E a pergunta que ficou em minha mente: “O que fazer quando você descobre gostar de alguém que já tem um alguém?”.
Descubram essa resposta com a ajuda de Yoongi (Suga), Jeongguk e Taehyung.
Ser fraco não significa ser covarde, mas a força de Jin se esvai quando os olhos marrons profundos, os sorrisos brilhantes e os lábios com sabor de machiatto se unem aos seus. Um descuido e seu coração entra em enlevo e cacos.
“Três é um numero impar, não vai dar certo, não enquanto não ficar par.”




Sobre Phynx:
Sou uma pessoa apaixonada por leitura e escrita. Baiana, 27 anos, me chamo Endira Alves, mas gosto do apelido no qual sou conhecida, Phynx. Ando tentando a segunda formação na área Artes Visuais. Gosto de cachorros e música. Um dos meus fascínios é culturas e a oriental é encantadora e temos pouco acesso.

Nenhum comentário:

Não gostaria de entrar e tomar uma xícara de café?

Tecnologia do Blogger.