S.A.L. - Serviço de Atendimento ao Leitor - Volume 4

domingo, junho 19, 2016


Olá, meu povo. Como estão?
Mais um post da série de respostas aos comentários.
Será que o seu está aqui? Como já diz sinopse de autor inexperiente de fanfic, leia e descubra ;D (HUE)


Uau!!! Você comentou nos meus comentários. Teve umas coisas que eu fiquei pensando a respeito; uma delas quando você falou do mostrar sem precisar abrir um capítulo de mil páginas pra fazer o leitor entender a dinâmica do personagem. Uma coisa que eu aprendi com o meu projeto foi mostrar em ações, em diálogos quem ele é e, sobretudo, como ele forja a imagem que muitos tem dele. Uma coisa é fato: é tolo o autor já dizer de cara que o personagem é isso, aquilo e tudo o mais, como se o ser humano pudesse ser medido com alguns caracteres. A verdade é que podemos brincar e no final das contas o personagem se mostrar um verdadeiro filho da p***.
Quanto ao meu comentário de beta, uma coisa é verdade: autor e beta precisam dialogar entre si. Betas precisam estudar, assim como autores também. Por exemplo: Uma vez comecei a ler uma vic que parecia muito boa: Mad House. A sinopse era interessante, só que teve uma coisa, depois da sinopse que eu não entendi até hoje porque raios aquilo tava ali. A menina pegou um trecho da constituição brasileira. Só que a coisa não fez sentido pelo simples fato de que não precisava estar ali. A vic se passava em Chicago, em um manicômio. Então, por que cargas d'água havia um trecho da nossa constituição?
Alguém comentou sobre a dificuldade de matar personagens. Eu não tenho esse problema, desde que eu saiba que matar o personagem X fará meu enredo continuar coerente e, o mais importante, dar gás à jornada do herói.
Sabe o que realmente acho difícil? Desfazer amizades entre personagens. Sério, eu fiquei arrasada quando tive que fazer isso.
Fiquei mal porque eu sabia que aquilo que fiz pra eles, apesar de necessário, não ia ter volta. E, se a gente parar pra analisar, isso acontece no mundo real. Se a pessoa morre você fica com a lembrança e sente que ela mesmo morta ainda está viva em você. Mas, se uma amizade acaba, fica uma coisa esquisita na gente e isso nos pega de um jeito ruim. É mais um modo de amadurecer. Só que é triste ter as boas recordações e pensar que, mesmo a pessoa perto de você já não é mais a mesma e que vocês passaram viver em lados opostos. Sorry, não sei se estou sendo clara, mas esse fato em si me abalou bastante quando escrevi. 
@ Ótimo comentário. Nem tenho mais o que acrescentar sobre o tema HAHAHAH Os primeiros parágrafos resumiram basicamente o que penso.
E sobre acabar amizades, ainda não precisei fazer isso em histórias, mas realmente é algo muito tenso. Não consigo lidar na vida real e imagino que seja muito complicado mesmo de reproduzir na ficção.
O bom é que isso me deu uma ótima ideia. Vou tentar em alguma história futura ;)

Guia Prático de Como Fazer uma Boa Fanfiction: Dicas para Construir um Enredo

Achei esse post sensacional. Irei levá-lo para o resto da vida :)
@ Fico feliz que tenha curtido. Em breve, mais um post dessa série ;)

Top 5: Especial Dia da Mentira - Mentiras e Verdades sobre a Ficwriter Facts

Acho que a 3 ein e-e
Amei o design do blog :3
@ Até agora ninguém acertou HAHAHA VAMOS LÁ, GENTE. Ainda dá tempo.
E obrigada pelo elogio, flor. Acabei mudando porque estava enjoada do outro (HAHAHA), mas espero que tenham curtido o novo também.

Agora temos uma biblioteca!

Apaixonada por essa biblioteca!!!
@ Estou para atualizá-la com mais links. Só preciso de um tempinho ahahaha

Top 5: As Melhores Práticas Esportivas Ever

kkkkk Pelo visto temos as mesmas preferências esportivas ;)
Também estou longe de ser fitness, mas comecei a academia este mês e estou indo bem até agora, vamos ver quanto tempo dura... agora dá licença que The Originals está me chamando. Até!
@ Eu comecei a ir à academia em 2007 e parei ano passado por um problema na coluna, mas se juntar todos os dias que fui nesses oito anos, não dá três :v

Top 5: Dicas para Fazer um Começo de História Instigante

Adorei o post! Foi super útil, e você escreve super bem :)
@ Muito obrigada, flor. Fico feliz que o post tenha sido útil para tanta gente. Até agora, é um dos mais acessados no blog *-*

MDS, precisava desse post há alguns anos, talvez não passasse tanta vergonha. Tens toda a razão. Sobre o item 4: Não aprendi nada com a Meyer. D:
@ Todo mundo já cometeu deslizes, principalmente quando começamos a escrever. O primeiro passo pra mudar é tomar consciência disso e treinar. Eu achava meus começos antigos ridículos, mas agora consigo gostar bastante deles.
Já os finais D:

Amei o post! Me deu ótimas dicas e agora vou ficar mais atenta. Estava mesmo precisando dele! :)
@ AEEE. Fico muito feliz que o post tenha ajudado. Penso em fazer um sobre dicas de finais, só preciso fazer mais umas pesquisinhas HAHAHA

POST ESPECIAL - Ripei Minha Primeira Fic!

Confesso que estou chorando de tanto rir. Essa ideia de ripar histórias próprias é muito boa! Acho que vou usá-la com as minhas próprias vergonhas kkkk
Você atualiza toda semana agora!!! Estou ficando mal acostumada ;)
@ Nossa, bastou vocês elogiarem eu postando toda semana que furei domingo passado. MIL DESCULPAS HAHAHAH Eu estava realmente enrolada com umas coisas, mas... ENFIM!
Sinceramente, eu pensei muito antes de postar aqui porque imaginei que ia perder minha reputação como autora, mas rir dos próprios erros faz parte e fiquei bem feliz que vocês curtiram a ideia. Se eu achar alguma mais antiga, ripo de novo HAHAHAHA

Eu chorei de rir. Adorei o post!
@ Muito obrigada pela leitura, flor. Fico feliz que tenha curtido :D

Já quero ver a piada com os discos voadores huahhuahuahuahua <3 br=""> Adorei o post, só fiquei triste pq lembrei das minhas fics e acredite, você ainda tem desculpa. As minhas mais recentes continuam ruins. =/
@ Bom, agora você já sabe. Contei no Facebook. E até hoje morro de vergonha disso. Céus, como eu pude achar uma boa ideia fazer uma piada daquelas? HAUAHAUAAHU
E você não escreve mal, boba. Adoro suas fics, a gente entra MESMO na história. Já quero mais

Michele, adorei o post, superengraçado! Ripagem é uma das coisas mais legais que já aprendi no mundo das fictions!
Aliás, vou fazer isso com minha primeira história tb pra ver se me animo a refazê-la xD
Bruno Oatsirt
@ Que bom que curtiu! Fiquei curiosa agora pra ler, se ripar mesmo me manda o link? HAHAHAHA
Até pensei em ripar os capítulos seguintes da história, mas não é uma boa ideia, já que pretendo reescrever e ela até dá uma melhorada depois de um tempo. Além disso, não quero que roubem minhas ideias HAHAHA


Por hoje é só, pessoas bonitas.
Até a semana que vem :3

Nenhum comentário:

Não gostaria de entrar e tomar uma xícara de café?

Tecnologia do Blogger.