Dicas de Organização - Parte 5: Organizando o Plot

domingo, agosto 14, 2016

Milhares de anos depois, eu volto a fazer um post dessa série. Peço desculpas pela demora, mas outros posts acabaram ficando prontos mais rápido, depois mudei de computador e acabei esquecendo onde tinha salvo alguns arquivos, e por aí vai...
Hoje trago até vocês algumas diquinhas para manter seu plot organizadinho. O post vai abordar algumas dicas de posts antigos e já aviso que será bem grandinho, já que pretendo abordar como organizar outras partezinhas da história. E preciso parar de falar no diminutivozinho, porque isso é muito irritante.
Agora, vamos lá. Mãos à obra!
Primeiramente, vamos abrir uma pasta na sua pasta de fics (que imagino que já exista) somente para sua história e dividir seu plot em três partes:

1 - Ficha Técnica
2 - Fichas de Personagens
3 - Plot da História

Isso feito, vamos ver o que vai em cada uma delas. Farei posts sobre plot no futuro, tipos diferentes e como fazer cada um deles, mas por hora vamos focar mais na organização mesmo.
Comece fazendo uma Ficha Técnica, incluindo nome, gêneros, classificação etária, sinopse, quantidade de capítulos aproximada (opcional, só pra dar uma noção do tamanho que você pretende dar à história), personagens (nome e sobrenome apenas, por enquanto), trilha sonora (se houver), local e época onde se passa, coisas do tipo.
Com isso, você já tem um desenho geral da história, um local com informações rápidas para consultar caso esqueça alguma coisa. Por mais que muitas das coisas só sejam realmente preenchidas em sua versão final quando a história já estiver adiantada, não tem problema já começar com a ficha técnica. Qualquer coisa, só ir editando e acrescentando depois, conforme a ideia vá se desenvolvendo (não vou mentir: em termos de plot, você vai editar várias e várias vezes seus arquivos até chegar à versão final. Se prepare hahaha).
Em seguida, pegue os personagens e organize em uma lista por nível de importância, os principais primeiro, secundários depois, assim por diante. Coloque o básico de cada um de forma resumida: nome, idade, aparência física e função na história; só para ter uma ideia geral de quem cada um é e de qual a importância deles na trama.
Com isso feito, você já pode estar munido de ferramentas básicas para começar seu planejamento. Existem vários métodos diferentes que pretendo abordar em post futuro, mas os mais comuns são outline, lista de acontecimentos, lista de cenas (que é basicamente fazer uma lista de todas as cenas que terá na história, e não apenas dos eventos principais, como o exemplo anterior) e sinopse dos capítulos.
Como o objetivo aqui ainda não é explicar como fazer um plot (muito menos voltar a debater a importância dele e se deve ser feito ou não), escolha o que preferir e termine-o. Como vamos organizá-lo? Veremos em um dos próximos tópicos. Agora vamos voltar aos...

Personagens
Imagino que esteja com aquela ficha básica de seu personagem já pronta. Com essas informações, você pode expandir a ficha. Existem vários modelos internet à fora, mais ou menos detalhados, mas você também pode fazer as suas.
Basicamente, elas precisam ter todas aquelas informações que já vimos, mas também aspectos de como é a personalidade do seu personagem, como ele se relaciona com as pessoas nos diversos grupos que frequenta (casa, escola/faculdade, trabalho, ambientes de lazer, etc), como ele se vê, como é visto pelos outros, o que teme, o que gosta e não gosta, o que o motiva, etc. E muitas e muitas mais informações que você julgue relevantes.
Não precisa ser tão detalhista com todos os personagens, mesmo os que só aparecem duas ou três vezes e somem, mas é importantíssimo que você faça com os protagonistas (óbvio) e os outros que serão cruciais para a trama também. Quanto mais informações sobre eles, mais reais eles parecerão.
Ao final, espera-se que você tenha, pelo menos, dois grupos de fichas, mas também pode haver três:

> Personagens Principais
> Personagens Secundários
> Personagens Acessórios (aqueles que aparecem bem pouco e tem uma função pontual na trama, mas você também pode querer fazer fichas simples sobre eles para manter um registro e não esquecer nada)

Também são três as formas de organizá-las. Primeiro crie uma subpasta só para os personagens. Depois, você pode criar um documento para cada tipo de grupo e deixar as fichas de todos os protagonistas (caso haja mais de um) no mesmo arquivo, todas as dos secundários em outro, e por aí vai.
Ou pode criar três sub-subpastas e colocar as fichas dos protagonistas em uma, dos secundários na outra etc.
Ou, por último, pode separar as fichas em arquivos individuais, cujo título será o nome do personagem (ideal quando você escreve com muitos personagens, muitos mesmo).
Com isso resolvido, podemos passar para o tópico a seguir.

Pesquisas
Novamente, recomendo criar uma subpasta para organizar melhor. Com sua fase de pesquisas concluída (ao menos em geral — e sim, também farei um post separado só sobre isso), chega a hora de reunir todo o material que colheu de forma que faça sentido e seja fácil e rápido encontrar o que precisa.
Antes de tudo, nomeie os arquivos de forma clara, que lhe permita saber o que há em cada um (por exemplo, ao pesquisar sobre como as pessoas se vestiam na década de 60, nomeie o arquivo com “Moda Feminina e/ou Masculina na década de 60”, ou algo semelhante).
O próximo passo é separar de acordo com o tipo de arquivo, caso tenha material em formatos diferentes, então crie sub-subpastas. Uma para os textos, outra para os vídeos, outra para imagens, e assim por diante.
Uma opção de organização também é separar por temas, o que vai variar de acordo com o tema da sua história. Talvez você precise pesquisar sobre moda, mas outra pessoa já tenha que fazer buscas sobre como é o centro de Berlim, por exemplo. Em geral, você pode separar as pesquisas geográficas das históricas, sociais, pessoais (que se referem a temas íntimos de seus personagens, como aspectos psicológicos, sexualidade, etc) e técnicas (sobre cotidiano de profissões, por exemplo).
Ou você pode mesclar ambos os métodos, criando pastas para cada tipo de tema e, dentro delas, outras pastas para separar textos de fotos, por exemplo.

Ideias
Muitas vezes, temos a ideia de escrever uma cena que vem na cabeça, um diálogo, enfim, um trecho da história que ainda não tem onde encaixar e só escrevemos para tirar a ideia da mente e ela parar de atormentar a gente.
O resultado é, muitas vezes, dezenas de cenas separadas soltas dentro da pasta da história que não sabemos quais são nem onde colocar e, muito menos, como colocar ordem na bagunça.
Já aviso que é inevitável abrir esses arquivos soltos um por um, se você não os nomeou direitinho. Veja do que se trata, releia, então feche e renomeie. Para isso, você pode usar uma pequena frase (ex.: Fulano e Fulana se encontram pela primeira vez) ou palavras-chaves: (ex.: Fulano – Fulana – primeiro encontro).
Também é importante fazer subpastas aqui, assim você pode separar as ideias em:
> Ideias para enredo em geral
> Ideias para cenas
> Ideias para personagens

Trilha Sonora
Se você não curte escrever com música, só pular esse tópico, mas caso faça isso, também é interessante organizar as que você vai usar.
Você pode colar as músicas na subpasta, criar um arquivo no Word e escrever a listas de músicas que vai usar, ou criar uma playlist no Windows Media Player, em outro serviço de reprodução de mídia que utilize, no Youtube ou em sites como o Spotify.
É importante apenas que você separe (nem que seja só mentalmente) as músicas que estão relacionadas diretamente com a história, ligadas a um personagem específico ou mais (como casais, grupos de amigos etc.) e as que podem não ter a ver com a história diretamente, mas lhe inspiram de alguma forma.

Imagens de Referência
Caso também não use imagens, pode pular esse também. Mas se for como eu e separar imagens para tudo, é bem interessante já de cara separá-las em uma subpasta também.
Dentro dela, você pode separar essas imagens em categorias semelhantes às das músicas: uma para as que inspiram de forma geral, outra para as que estão diretamente relacionadas à história e uma para os personagens (quer seja um personagem em específico, um casal, um grupo, etc.).
O diferencial de usar imagens é que você também pode usá-las para ter uma imagem mental dos locais onde a história se passa, o que pode facilitar a descrição dos ambientes. Locais abertos ou fechados, cômodos pelos quais o personagem passa ou a casa onde ele mora... Tudo isso pode se tornar um arquivo interessante de ter, se você conseguir encontrar imagens que batam com o que você quer.
E manter imagens separadas de personagens também pode facilitar seu trabalho caso resolva investir em divulgação visual e criar banners, aesthetics e moodboards (dicas sobre isso nesse post).

Planejamento em Si
Por último, mas não menos importante, afinal é o título do post, chegou a vez de organizar o plot em si da sua história.
Já de cara, eu adianto que não importa seu método, minha dica vai ser a mesma: faça todo o planejamento no mesmo documento. Assim você não precisa ficar abrindo mil coisas, caso fique longe da história por um tempo e esqueça algum detalhe.
Recomendo que mude de arquivo apenas quando for fazer uma mudança muito grande no enredo, que o mude profundamente. Mas não apague as versões anteriores. Assim, você mantém os dois (ou mais) e pode decidir depois qual ficou melhor e vai usar.
Aí entra minha segunda dica: coloque no título do arquivo a data da última vez que editou e a versão.
Exemplos? Simples:
“Plot – História X – Versão 1 - 04-07-2016”
Plot – História Z – Versão 6 – 15-07-2016”.
E por aí vai. As combinações possíveis são inúmeras.
E já estamos chegando ao fim da série, a não ser que eu tenha alguma ideia do que ainda pode estar faltando ou alguém faça algum pedido nessa área.
Por isso mesmo, pode deixar seus pedidos de posts nos comentários, junto com críticas, elogios, sugestões e dicas.
Até a próxima!

Nenhum comentário:

Não gostaria de entrar e tomar uma xícara de café?

Tecnologia do Blogger.