Dicas para Revisar seus Próprios Textos - Parte 1

domingo, junho 11, 2017

Revisar deve ser uma das partes mais complicadas de deixar um texto pronto e não vou mentir: fica ainda pior quando o texto é seu.
Seja por você não captar todos os erros existentes ou por não conseguir deixar a história exatamente como estava na sua mente e se desmotivar com a comparação, acho que revisar seu próprio trabalho chega a ser mais difícil do que deixá-lo pronto.
Eu mesma tenho sofrido bastante com isso. Se você é leitor do blog, já deve ter se deparado com esse post, em que eu relato brevemente minhas agruras na tentativa de revisar Moonlight. Mas depois de alguns meses de choro e sangue reflexão e tentativas, acho que finalmente descobri um atalho para pôr o tão sonhado "FIM" no trabalho de revisão.
O post vai ser dividido em duas partes por causa do meu velho medo de criar textos quilométricos que ninguém vai ler. A segunda deve sair em breve.
Pega o caderninho de anotações e vemk.


# Deixe seu texto descansar
Nunca revise o texto logo depois de escrevê-lo. Ele ainda estará muito fresco na sua cabeça e você não conseguirá identificar todos os erros como se deve. O melhor a fazer é deixá-lo descansar por, pelo menos, algumas horas antes disso.
Com esse intervalo (recomendo, pelo menos, uns dois dias), você vai "esquecer" seu texto e vai lê-lo com outros olhos, mais próximo do olhar que seu leitor vai dirigir a sua obra, e poderá pegar não apenas os erros gritantes e óbvios, como aqueles mais escondidinhos também.
E não apenas erros de gramática e ortografia, ou mesmo de digitação. Enredo mal desenvolvido, pontas soltas, personagens com atitudes contraditórias, falta de verossimilhança, entre muitos outros problemas podem ser notados com esse distanciamento.
Não só isso: também tornará possível você lapidar o texto e deixá-lo mais próximo ao que você tinha em mente quando pensou e planejou essa história. Você poderá mudar trechos para melhorá-los, acrescentar partes necessárias e remover o que estiver sobrando com mais propriedade e eficiência do que faria se tivesse começado a revisar assim que tivesse terminado de escrever.

# Comece revisando o plot
Antes de qualquer alteração na história, é importante voltar ao seu plot (caso você faça um, obviamente) e verificar se tudo está de acordo. É normal que depois de tanto tempo longe do texto, a gente tenha pensado melhor sobre ele e mudado de ideia sobre algumas partes. De repente, encontramos uma solução ainda melhor do que a original para determinado conflito, algo que pode mudar a história toda e levá-lo a se perder se não atualizar seus registros. Por isso, é necessário deixar tudo bonitinho antes de começar a trabalhar no texto em si.
Verifique se o todo está coerente; se a história tem começo, meio e fim claros; se os conflitos levam um tempo verossímil para se desenvolver e, principalmente, se são resolvidos de maneira convincente. Além disso, cheque os relacionamentos entre os personagens, as personalidades deles, se eles são bem apresentados e nenhum deles some sem explicação nenhuma no meio da trama e voltam sem qualquer motivo.
Quando todo o plot estiver bonitinho e devidamente atualizado, passe pro texto.

# Corrija os erros maiores primeiro
Aqui já aviso de antemão: muito dificilmente um texto fica pronto logo na primeira revisão. A menos que você seja muito bom escrevendo ou nem um pouco perfeccionista (se for o caso, qualquer um dos dois: me ensina?), vai levar um bom tempo até deixá-lo bonitinho aos olhos e agradável de ler. Alguns mais, outros menos, mas sempre leva tempo. É normal e não precisa se desesperar.
Dito isso, aqui vai a dica de ouro para não se perder e fazer mil revisões que não chegam a lugar nenhum: corrija os erros mais óbvios e gritantes primeiro. Aqueles grandes que chamam seu olho pra eles. Erros grosseiros de português, falhas graves no desenvolvimento de enredo e personagens... Buracos grandes demais para você seguir em frente sem tropeçar.
Se necessário, faça novas pesquisas e estude estratégias para sanar esses problemas, mas não se detenha às coisas pequenas por hora. Quando esses problemas piores estiverem sanados, aí sim você volta para procurar os escondidos nos detalhes.


O post acabou ficando um pouco menor do que eu esperava rs Então vou deixar uma dica bônus, que salvou minha vida quando eu estava para tacar o computador na parede de ódio: vá com calma!
Como eu disse, dificilmente seu texto vai ficar perfeito na primeira revisão (e, com certeza, nunca após a primeira versão).  É normal levar tempo para ajustar as coisas, dependendo do problema que você enfrenta, então não se cobre. A pressa vai ser sua principal inimiga aqui. Dê um passo de cada vez, respeite seu tempo e suas dificuldades. Pretendo desenvolver melhor isso em um post futuro, mas já digo desde já: escrever é, antes de tudo, ser paciente. Tome um suquinho de maracujá e respire fundo.
O que não vale é largar o trabalho. Mesmo que você ande devagar ainda está indo para a frente, certo? Não pare!
Nos lemos no próximo domingo. Dicas, sugestões, críticas e pedidos de post, só deixar nos comentários ;)

2 comentários:

  1. Adorei o post, muitas dicas boas, mas me veio uma duvida.
    Se você tá no meio de uma fic, desanimou com ela, e decide que talvez deva mudar algumas coisas, reescrever o começo com umas ideias novas, mas, ao mesmo tempo, tem as ideias/plot do final. O que você acha melhor fazer primeiro, voltar e consertar tudo (mesmo que tenha 60 paginas T_T) ou seguir escrevendo e deixar a reescrita para o final? #ProcurdoEstretégiaProNaNoJulho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tinha feito um comentário enorme, mas acabei esbarrando no F5 do note e não salvou #xorosa HAHAHA Vou aproveitar a oportunidade pra tentar ser mais resumida.
      Particularmente, acredito que o melhor a fazer é reescrever logo de uma vez, assim que você tenha retornado ao plot e analisado o que vai mudar ou não (e o nível de mudança, se total ou parcial). Explico: algumas alterações podem mudar muito o plot, e consequentemente a sua escrita. Seguindo a escrever como está, você vai ter apenas mais trabalho. Vai ter muito mais coisa pra editar e reescrever depois. Aconselho a reescrever logo e seguir com o novo planejamento, assim fica bem menos trabalho pra fazer numa próxima revisão (talvez só mudanças pontuais, mas nada de reescrever tudo do 0 de novo).
      Espero que tenha sido útil ^^

      Excluir

Não gostaria de entrar e tomar uma xícara de café?

Tecnologia do Blogger.